Não votem em quem defende bandido e assassino

Eis a última declaração de Tarso Genro, ministro da Justiça e candidato a trazer de volta o caos petista ao Estado do Rio Grande do Sul, para defender um assassino, um homicida, um matador de quatro italianos inocentes.

"A Itália não é um país nazista nem fascista, mas vem sendo constatado um crescimento preocupante do fascismo em parte da população italiana. O fascismo vem ganhando força inclusive em setores do governo.”

A colônia de descendentes italianos é de 30% no Rio Grande do Sul. Todos tiveram direito a obter a sua dupla cidadania italiana, igualzinho à Primeira Dama Marisa Letícia.

Nas próximas eleições, não esqueça!

Gaúcho Oriundi:
Cuidado!
Honre seus “Nonos”!

 

Internet

Mais por este Autor:
Artigos Relacionados:
 
Bolsonaro

Nosso Presidente

 

Brasil acima de tudo! Deus acima de todos!

 

Clique aqui

EVANGÉLICOS NA LUTA!

Destacamos Silas Malafaia, como cristão fervoroso, sincero e que não teme falar a verdade na defesa da família e do Brasil

Clique aqui