O Primeiro Manifesto Internacional contra o Comunismo

O Notalatina apresenta hoje uma importantíssima petição, uma decisão talvez inédita no mundo, que pede a condenação do comunismo por crimes de lesa-humanidade. Ela foi elaborada em Praga, por importantes pessoas que sofreram na carne a brutalidade criminosa deste regime e está encabeçada pelo ex-presidente da República Tcheca, Václav Ravel.

Já há algum tempo o presidente da Ucrânia, Viktor Yush-chenko, vem mostrando seu absoluto repúdio a tudo o que significou para o seu país o domínio soviético, então, derrubou monumentos, trocou nomes de ruas, praças e edificações, e em seu lugar colocou o de mártires ou ilustres escritores.

Agora este movimento contra o comunismo chega ao Parlamento Europeu com bastante representatividade. Uma petição desta envergadura não deve circunscrever-se aos países do Leste Europeu mas a todos aqueles que se solidarizam com suas vítimas, que condenam com veemência este genocídio e que também não desejam ver em seus países mais sangue inocente derramado por criminosos psicopatas desta estirpe. Pensem em Cuba e na Vene-zuela...

É salutar, portanto, que também apoiemos esta decisão. - e é importante que se chegue aos milhares, para mostrar ao mundo que ninguém agüenta mais esta ideologia assassina que só trouxe miséria, destruição e mortes brutais por onde passou.

www.notalatina.blogspot.com

NR: E o Brasil, na contra-mão da História...

Mais por este Autor:
Artigos Relacionados: