A Igreja Católica brasileira e a CNBB

*Reynaldo De Biasi Silva Rocha

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) é uma instituição criada no seio da Igreja Católica, e cujo principal objetivo é participar da comunização do País.
Adotando sempre a bandeira dos pobres e oprimidos com muita eficiência, procura influenciar os seguidores dessa religião, apresentando-se sob a máscara de paladino na defesa dos mais necessitados, por meio de temas tocantes e de grande sensibilidade que atraem a população, mas que no fundo baseiam-se em sofismas – raciocínios falsos, com certa aparência de verdadeiros – para atingir seu fundamental propósito – a implantação do Comunismo entre nós.
Criadores da Teologia da Libertação, cujo eixo ideológico é baseado no marxismo, teve papel decisivo na fundação do PT e do MST. Outro braço seu, o Conselho Indigenista Missionário (CIMi),
luta para que as nações indígenas tenham suas áreas demarcadas inteiramente independentes do Estado Brasileiro, como o primeiro passo para a dominação estrangeira através de suas ONGs indigenistas – ambientalistas.

O Sínodo da Amazônia, a ocorrer em Out deste ano sob a direção do Papa Francisco, traz em sua pauta tal proposta acima citada relativa à área amazônica.

A Igreja Católica brasileira sempre se dedicou ao resguardo da família brasileira, propugnando por seus valores conservadores. É crucial a voz corajosa de seus sacerdotes, opondo-se à ameaça sobre nossa soberania em especial na Amazônia, à Ideologia de Gênero que quer destruir a família tradicional, e à comunização do Brasil.
Pedimos sua firmeza de ânimo ante a CNBB, impedindo-a de levar avante a destruição do País.

A você, católico devoto, pedimos seu empenho em contactar-se com os cardeais, bispos e padres, apelando para que difundam sua palavra firme na proteção da Nação contra a influência pérfida da CNBB.

Presidente do Grupo Inconfidência

Mais por este Autor:
Artigos Relacionados: