A reunião ministerial de 22 de abril de 2020 e a autorização do STF para a difusão de seu registro em vídeo

*Reynaldo De Biasi Silva Rocha

1. INTRODUÇÃO

- Após Sérgio Moro ter pedido para sair do Governo, por sentir-se pressionado pelo Presidente Bolsonaro em reunião ministerial de 22 Abr 2020, o Ministro Celso de Mello liberou a exposição pela mídia do vídeo que registrou o acontecido no evento em questão.

- No regime de direito em que vivemos, é uma atitude altamente ditatorial de um órgão que se diz defensor da democracia, ferindo a interdependência dos Poderes previstos na Constituição.

- Na verdade, o que o citado Ministro quis foi acirrar o clima montado pelo Legislativo e o STF, visando acelerar o “impeachment” de Bolsonaro, o que permitiria a volta do caos em que vivíamos, comandado pelo Comunismo e a corrupção desenfreada.

Como o povo apoia o Presidente, constituiu-se em mais uma tentativa de denunciar hipotéticas arbitrariedades daquela autoridade, para que a população ficasse ciente e dele se afastasse.

- Por ser uma reunião privada, composta de pessoas de uma mesma equipe, logicamente todos se expressariam abertamente e com total sinceridade, o que possibilitaria a Celso de Mello colocar às claras as supostas intenções criminosa do Governo.

2. A REUNIÃO

- Vejamos o que ocorreu na verdade.

- Bolsonaro lembrou aos seus Ministros a necessidade de ir às ruas para sondar os anseios e aspirações do cidadão comum, buscando tornar mais efetivo o desempenho de suas pastas.

Criticou asperamente a autorização de Governadores e Prefeitos, que determinaram a ação policial contra infratores das medidas preventivas relativas ao coronavírus, incluindo a algemação e a entrada em moradias sem o mandado de busca, o que resultou em cenas lamentáveis contra os direitos humanos tão defendidos pela esquerda marxista, a de mulheres jogadas ao chão e pessoas presas em camburões.

Citou que o STF e Juízes soltam 30.000 presos, beneficiados pela alegação da prevenção contra o coronavírus, o que trará medo e insegurança à sociedade.

Enfatizou que sua gestão continuará batendo-se pela família, pela proteção da vida humana, por Deus acima de todos, pela liberdade de expressão e pelo livre mercado.

- O Ministro Weintraub, da Educação, descreveu Brasília como um cancro, onde campeia a corrupção e os privilégios.

Fez referência que possui processos contra si, pela sua postura em opor-se àqueles que querem transformar o estudante em um militante comunista.

Ressaltou que estamos perdendo a luta pela liberdade, e que está em seu posto para pelejar por ela.

- A Ministra Damares, dos Direitos Humanos, vibrantemente ressaltou que a ação governamental é pró-vida e pró-familia, e alertou que o STF quer colocar em pauta a legalização do aborto.

Mencionou que teve notícias de grupos que querem propositalmente, com o vírus do momento, contaminar os indígenas em Amazonas e Roraima para dizimá-las, colocando a culpa no Presidente, e que juntamente com o Presidente da FUNAI esteve nestes Estados levando o fato aos Generais da área.

Encerrou com veemência, dizendo que os Governadores e Prefeitos responsáveis pelos abusos e violências contra o povo quanto ao coronavírus não ficarão impunes, e que processos serão levados a efeito pedindo suas prisões.

3. CONCLUSÕES

- Como resultado da divulgação do vídeo, o povo pôde comprovar que Bolsonaro, cumprindo suas promessas eleitorais, mantém-se firme em suas plataformas prometidas: preocupação com o povo, legítima defesa das liberdades individuais, da defesa da vida, do crescimento da economia baseado na privatização, e da honra.

No momento, empenha-se para que o remédio HIDROXICLOROQUINA seja distribuído a todos, inclusive aos mais humildes.

Ele pode ser rude em suas expressões, mas é honesto, valente e autêntico, e não vai deixar o Comunismo cravar suas garras no Brasil.

- Consideramos que o Ministro Celso de Mello prestou um excelente serviço aos brasileiros que amam o País, que, através da ação maldosa e ineficaz daquele, puderam confirmar sua ciência dos patrióticos e bem-intencionados propósitos de nosso Presidente.

- MAIS UM TIRO PELA CULATRA DAS FORÇAS DO MAL.

- IREMOS VENCER, POIS DEUS E O POVO ESTÃO DO LADO DE BOLSONARO!

Presidente do Grupo Inconfidência

Mais por este Autor:
Artigos Relacionados: