As ações eficazes do Presidente Bolsonaro no equacionamento Ferroviário Nacional, e na solução de problemas das Regiões Centro-Oeste e Amazônica

*Reynaldo De Biasi Silva Rocha

1. GOVERNO BOLSONARO ASSINA CONTRATO DE CONCESSÃO DA FERROVIA NORTE-SUL

- Assinado em Anápolis (GO), este contrato destina-se à exploração do trecho de 1.537 km, de ferrovia que liga Estrela D’Oeste (SP) a Porto Nacional (TO).

- A Norte-Sul vai interligar o Porto de Itaqui (MA), utilizando-se da malha da Estrada de Ferro Carajás, ao Porto de Santos (SP), com acesso pela malha Paulista.

- A EF-151 (Ferrovia Norte-Sul) é a espinha dorsal do sistema ferroviário brasileiro, e irá integrar o território nacional, reduzindo o custo logístico do transporte de cargas, promovendo o desenvolvimento do País, e duplicando a participação desta modalidade de condução de mercadorias em 8 anos.

2. IMPLANTAÇÃO DE INFRAESTRUTURA LOGÍSTICA PARA MATO GROSSO, A CARGO DO GOVERNO

- Considerando o agronegócio como uma das principais atividades econômicas deste Estado, que ocupa posição destacada na produção de alimentos no Brasil, o Governo implementará a ampliação da malha ferroviária em seu benefício.

Para tal, ainda este ano será assinado o contrato de construção da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste, que ligará o Vale do Araguaia à Ferrovia Norte-Sul, julgada esta um dos principais canais de escoamento da produção agrícola do País.

3. PRESIDENTE BOLSONARO ENTREGA TÍTULOS DEFINITIVOS DE POSSE DE PROPRIEDADES RURAIS, EM MATO GROSSO

- Esta entrega é a maior feita, de uma única vez, pelo Governo Bolsonaro.

- Na cerimônia, sucedida em 18 Set 2020, no município de Sorriso (MT), 1.665 famílias de projetos de assentamento local foram beneficiadas pelos referidos títulos, tendo sido representadas simbolicamente por 10 delas, que os receberam das mãos do Presidente.

- Para os agricultores em questão, foi uma grande vitória, obtida após quase 20 anos de espera. Agora, independentemente do tamanho do produtor, será mais fácil o acesso ao crédito bancário e às políticas públicas federais, proporcionando-lhe recursos adequados para a produção, tornada presente nessa região por soja, milho, algodão e frutas.

- O Governo tem a expectativa de, até 2022, entregar 600.000 títulos de propriedade.

4. LANÇAMENTO DE PROGRAMA DO GOVERNO FEDERAL, PARA LEVAR A BANDA LARGA À AMAZÔNIA

- O Presidente Bolsonaro lançou em 01 Set 2020 o programa “Norte Conectado”, desenvolvido pelo Ministério das Comunicações.

- O objetivo do programa é levar a conexão da internet banda larga para municípios da região, que precisam de melhoria na rede de telecomunicações.

- O programa aborda ações que vão desde a construção de infraestrutura de telecomunicações em fibra óptica, até a instalação de pontos de acesso à banda larga por satélite.

- O primeiro trecho do backbone (rede principal) de fibra óptica, de 650 km, alcançará 165 escolas, além de tribunais e hospitais, favorecendo uma população de mais de 950.000 habitantes.

- Ao todo, o projeto prevê 9 infovias (redes de alta disponibilidade e velocidade), lançadas através dos diferentes rios da Região Amazônica, que somam cerca de 10.000 km, proporcionando a interligação de 59 municípios diretamente, e atendendo a uma população de aproximadamente 9,2 milhões de habitantes.

- Durante a cerimônia, o Ministro Fábio Faria assinou um decreto que regulamenta a Lei das Antenas, que facilitará o processo de instalação de antenas de redes móveis no Brasil.

A VISÃO DO PRESIDENTE BOLSONARO, DIRIGIDA A EMPREENDIMENTOS QUE BENEFICIEM O PAÍS COMO UM TODO, E TAMBÉM REGIÕES DESPREZADAS PELOS ÚLTIMOS GOVERNOS, MERECERÃO O RECONHECIMENTO DO BRASILEIRO ÀQUELE QUE SE INTERESSA PELO BEM-ESTAR E A FELICIDADE DE SEU POVO.

Coronel Reformado do Exército - Presidente do Grupo Inconfidência

Mais por este Autor:
Artigos Relacionados: