Comentários do Grupo Inconfidência, relativos a tópicos selecionados do discurso do Presidente Bolsonaro, na abertura da Assembleia Geral da ONU, em Set 2020

*Reynaldo De Biasi Silva Rocha

FINALIDADES DO GRUPO INCONFIDÊNCIA: LUTAR CONTRA O COMUNISMO E A CORRUPÇÃO, PELO FORTALECIMENTO DAS FORÇAS ARMADAS E PELA DEFESA DA VIDA HUMANA, DA FAMÍLIA TRADICIONAL E DOS VALORES CONSERVADORES DA SOCIEDADE

COMENTÁRIOS DO GRUPO INCONFIDÊNCIA, RELATIVOS A TÓPICOS SELECIONADOS DO DISCURSO DO PRESIDENTE BOLSONARO, NA ABERTURA DA ASSEMBLEIA GERAL DA ONU, EM SET 2020


1. INTRODUÇÃO

  - Nosso Presidente apresentou-se perante a Assembleia da ONU, de maneira corajosa, franca e altiva, evidenciando a postura de quem está cumprindo da melhor maneira seu dever, e demostrando elevado patriotismo, espírito de defesa intransigente de nossa soberania, oposição à perseguição religiosa no mundo, amor à família e respeito a Deus.

2. IDEIAS RESUMIDAS DO DISCURSO E COMENTÁRIOS DO GRUPO INCONFIDÊNCIA

  a. A ameaça do Socialismo ao Brasil

  - Ideias resumidas do discurso do Presidente - “Um novo Brasil ressurge depois de estar à beira do Socialismo / Nas últimas décadas, a ideologia do Socialismo buscava o poder absoluto no Brasil / Esta ideologia instalou-se na cultura, na educação e na mídia, dominando os meios de comunicação, universidades e escolas; invadiu nossos lares para investir contra a “celula mater” da sociedade, a família; tenta perverter a identidade infantil pela Ideologia de Gênero;e invadiu a própria alma humana buscando expulsar Deus e a dignidade com que Ele nos revestiu”.

  - Comentários do Grupo Inconfidência – O Presidente procura combater, por todos os meios, a maléfica ideologia do Comunismo, que visa conquistar-nos, estando agora na 5ª tentativa que objetiva conduzir Lula novamente ao poder, com o apoio protagonizado pelo STF em particular, por parte do Congresso e também pela mídia tradicional. Mas esta luta de Bolsonaro deve ser mantida permanentemente pelas  Forças Armadas e pela população que ama o Brasil, porque o Marxismo não desistirá de seu intento.

  b. A reconquista da confiança de nosso povo e do mundo

  - Ideias resumidas – “Esta reconquista está sendo feita pela diminuição do desemprego, da violência, do risco para os negócios e, em especial, pelo exemplo”.

  - Comentários – O Presidente tem razão. O problema mais profundo que enfrentamos é a crise de caráter nacional. Os governos comunistas petistas conseguiram apodrecer considerável parcela das Forças Vivas da Nação – logo, o exemplo pesará muito nessa recuperação, e por isso seu Governo se empenha em criar uma imagem de dignidade, que inspire em nosso povo o propósito de, como seu Presidente, dar também o citado exemplo.

  c. O Foro de São Paulo (FSP)

  - Ideias resumidas – “O Foro de São Paulo, organização supranacional criminosa criada em 1990 por Fidel Castro, Lula e Hugo Chávez, para difundir e por em prática o Socialismo na América Latina, continua vivo e tem que ser combatido / Em Mar 2020, estávamos no Chile, onde foi lançado o PROSUL em oposição ao FSP, para garantir que a América Latina consolide a democracia e a liberdade”.

  - Comentários – Tal Foro quer criar na citada região a URSAL – União das Repúblicas Socialistas da América Latina, em obediência ao Governo Mundial e seu tentáculo Comunismo, anulando assim os Estados Nacionais Soberanos da área. A PROSUL é a iniciativa de ponta para a contraposição eficaz ao FSP, e irá vencê-lo.

  d. Aproximação do Governo brasileiro com os países que consolidaram suas democracias

  - Ideias resumidas – “A Venezuela hoje experimenta a crueldade do Socialismo. Lá, esta ideologia está dando certo, pois todos estão pobres e sem liberdade!”.

  - Comentários – Os governos petistas sempre estiveram ligados aos países comunistas tradicionais destacando a China Comunista e Cuba, e também ao Irã. Estiveram unidos a ditadores cruéis em âmbito mundial, que escravizam seus povos. Peculiarmente quanto à China, queriam entregar-lhe nossa economia. Com Bolsonaro isto mudou, e nossas relações atuais estão sendo estabelecidas com Estados de economia livre e portadores de valores da civilização ocidental.

  e. Defesa dos valores familiares e religiosos, que formam nossas tradições

  - Ideias resumidas – “A célula básica de nossa sociedade é a família, e somos cristãos”.

  - Comentários – O somatório das famílias constitui a Nação – famílias fracas, Nação fraca e fácil de dominar. É por esta razão que o Comunismo quer destruir a família tradicional, composta pelo pai, mãe e filhos e alicerçada pelo amor que os une, e também a religião que a apoia.

  f. A Amazônia

  - Ideias resumidas – “Os ataques sensacionalistas da mídia internacional devido ao focos de incêndio na Amazônia, despertaram nosso patriotismo. Tais focos, se não criminosos, ocorrem nas franjas da floresta, espontaneamente ou fruto da queima tradicional da vegetação das posses pelos índios e caboclos, para adubar o solo / A Amazônia não é patrimônio da humanidade – é nossa! / A Amazônia não é o pulmão do mundo – e sim os mares, por intermédio das algas / A floresta é úmida – não pega fogo”.

  - Comentários – Bastam duas declarações abaixo, para comprovar a cobiça de vários países pela rica Amazônia:

    “John Major – 1º Ministro britânico em 1992 – As nações desenvolvidas devem estender o domínio da lei ao que é comum de todos no mundo. As campanhas ecológicas internacionais sobre a Região Amazônica, estão deixando a fase propagandista para dar início a uma fase operativa que pode, definitivamente, proporcionar intervenções militares diretas sobre a região”.

    “Macron – Presidente da França, falando ao mundo no estilo colonialista: A nossa Amazônia...”.

 

FAÇAMOS COMO O PRESIDENTE BOLSONARO. LEVANTEMOS O QUEIXO E TRANSFORMEMOS O BRASIL EM UM GRANDE PAÍS, ONDE VALE A PENA VIVER!

 

Coronel Reformado do Exército - Presidente do Grupo Inconfidência

 

Mais por este Autor:
Artigos Relacionados: